Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BC chinês admite que inflação pode superar meta

O Banco Popular da China reconheceu ontem, pela primeira vez, que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) poderá superar a meta do governo de subir 3% em 2007. Em julho, o indicador ficou em 5,6% em termos anualizados.No entanto, segundo afirmou o dirigente do BC chinês Su Ning, a inflação ao consumidor deverá ser controlada quando o crescimento dos preços dos alimentos for contido. Ele afirmou ainda que o BC está pronto para tomar novas medidas de aperto da política monetária, se houver necessidade.''''Ainda que nós tenhamos aumentado nossos esforços de controle macroeconômico, a alta dos preços neste ano poderá ainda superar 3%'''', disse Su. ''''Nós acreditamos que, assim que os preços dos alimentos forem contidos, a inflação também será controlada.''''O dirigente do BC chinês afirmou ainda que as medidas do governo para diminuir o aumento dos preços dos alimentos tiveram algum efeito e acrescentou que o BC chinês ''''vai continuar a prestar atenção aos aumentos dos preços e manter a estabilidade dos preços por meio da realização de análises e da tomada de medidas de controle específico, no momento adequado''''.

DOW JONES NEWSWIRES, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2030 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.