BC: conta de viagens tem déficit de US$ 1,7 bi em agosto

A conta de viagens internacionais registrou um saldo líquido negativo de US$ 1,710 bilhão em agosto. Segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC) nesta terça-feira, 24, o déficit resulta de despesas pagas por brasileiros no exterior, no total de US$ 2,227 bilhões, acima das receitas obtidas com turistas estrangeiros em passeio pelo Brasil (US$ 517 milhões).

CÉLIA FROUFE E EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

24 de setembro de 2013 | 15h17

O saldo negativo de agosto foi maior do que no mesmo mês de 2012, deficitário em US$ 1,381 bilhão. No acumulado de 2013, o déficit da conta de viagens soma US$ 12,233 bilhões ante US$ 10,076 bilhões negativos há um ano.

Conforme o relatório do BC, o saldo de remessas de lucros e dividendos ficou negativo em US$ 1,982 bilhão em agosto. No mesmo mês do ano passado, houve uma saída líquida de US$ 2,523 bilhões. No acumulado dos oito primeiros meses, o saldo está negativo US$ 17,299 bilhões, ante US$ 14,223 bilhões de déficit visto em igual período de 2012.

O BC informou ainda que as despesas com juros externos somaram US$ 799 milhões em agosto e US$ 8,849 bilhões no acumulado do ano.

Ações e renda fixa

De acordo com o BC, o investimento estrangeiro em ações brasileiras ficou positivo em US$ 882 milhões em agosto, ante superávit de US$ 1,226 bilhão em agosto do ano passado. No acumulado do ano até agosto, o saldo está em US$ 7,429 bilhões, bem maior do que o total de US$ 4,125 bilhões vistos em igual período de 2012. As aplicações em ações negociadas no País concentraram todo o saldo, já que as negociadas no exterior (como as ADRs) ficaram negativas em US$ 12 milhões em agosto.

O saldo de capital externo em títulos de renda fixa negociados no País ficou positivo em US$ 5,315 bilhões em agosto, apontou o BC. No mesmo mês de 2012, houve superávit de US$ 583 milhões. No acumulado do ano, entraram no País US$ 20,588 bilhões, ante US$ 3,358 bilhões no mesmo período do ano passado.

O investimento em títulos negociados no exterior ficou negativo em US$ 5,007 bilhões em agosto de 2013. No mesmo período do ano passado, essas aplicações ficaram positivas em US$ 155 milhões. No acumulado do ano, o valor passou de um saldo positivo US$ 8,530 bilhões nos oito primeiros meses de 2012 para um déficit de US$ 4,592 bilhões no mesmo período de 2013.

Mais conteúdo sobre:
contas externasBCagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.