BC: crédito ficou mais barato em janeiro

De acordo com o relatório de juros e spread - diferença entre a taxa de juros do empréstimo e da captação - bancário do Banco Central (BC), a taxa de juros nas operações com pessoa física sofreu uma redução de três pontos porcentuais em janeiro em relação a dezembro do ano passado, fechando em 63,5% ao ano. De acordo com o relatório, no cheque especial, os juros diminuíram de 152,7% em dezembro para 150,9% ao ano em janeiro. Na linha de crédito de empréstimo pessoal, os juros para a compra de bens registraram uma queda de 66,5% em dezembro para 61,3% ao ano em janeiro. Para a compra de automóveis, os juros foram reduzidos dos 35% dezembro para os 34,9% em janeiro. Também foi registrada uma diminuição nos juros do crédito pessoal, que foram reduzidos dos 67,7% em dezembro para os 67,4% no mês passado.O diretor de Política Econômica do BC, Ilan Goldfajn, explicou que as reduções espelham, em boa parte, a própria redução dos juros básicos da economia e também das expectativas do mercado de que novas rodadas de corte dos juros da economia seriam efetuadas no médio prazo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.