coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

BC da China foca médio prazo para movimento no yuan

O presidente do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), Zhou Xiaochuan, declarou que ainda há muito trabalho para fazer antes de o yuan se tornar efetivamente uma moeda internacional.

AE, Agencia Estado

11 de março de 2014 | 00h06

Ele afirmou que o foco do PBoC está concentrado na remoção de barreiras para o uso do yuan no comércio, mas alertou que não há um cronograma para a internacionalização do câmbio.

Zhou ainda esclareceu que a autoridade monetária não está escolhendo nenhum lado para o yuan. A moeda sofreu fortes desvalorizações recentemente, como em 28 de fevereiro, quando o yuan atingiu a maior queda diária ante o dólar desde 2005. No ano, o dólar já apreciou 1,4% ante o yuan.

Nesse contexto, o presidente da autoridade monetária da China disse nesta noite que o câmbio é um assunto complicado e que o PBoC se interessa mais pelos movimentos de médio a longo prazo. Fonte: Dow Jones Newswires e Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinacâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.