BC da Colômbia aumenta a taxa de juros para 3,75%

A junta diretiva do Banco Central da Colômbia decidiu elevar a taxa básica de juros do país em 0,25 ponto porcentual, para 3,75% ao ano, dando continuidade ao aperto monetário iniciado na última reunião, em 25 de abril.

VICTORIA MANTOAN, ESPECIAL PARA A AGÊNCIA ESTADO, Agencia Estado

30 de maio de 2014 | 16h05

A decisão foi tomada levando em conta a inflação do mês passado, que continuou a tendência esperada de 3%, o cenário macroeconômico que indica manutenção do crescimento da demanda, a aceleração da economia e a taxa de desemprego em trajetória de queda. A junta também foi influenciada pela pressão que a inflação está exercendo sobre as taxas de juros reais. O comunicado cita também o crescimento do crédito total em ritmo acelerado desde a última reunião, impulsionado pelo crédito comercial e hipotecário.

"Diante das circunstâncias, a junta considera que a estabilidade macroeconômica e a atual convergência da inflação no longo prazo são compatíveis com um aumento na taxa de juros definida pelo Banco da República", disse o comunicado, repetindo a ponderação da última reunião, de que um ajuste gradual na política monetária expansiva reduz a necessidade de mudanças bruscas no futuro e assegura estabilidade econômica.

Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaJuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.