BC da Espanha aprova planos de recapitalização de bancos do país

Bancos comerciais foram notificados sobre necessidade de levantarem US$ 38 bi de valor extra de provisões e € 15,5 bi extras de capital principal

Patrícia Braga, da Agência Estado,

17 de abril de 2012 | 16h32

MADRI - O Banco Central da Espanha aprovou os planos de recapitalização apresentados pelos bancos comerciais do país, que tentam cumprir com as normas mais rigorosas do governo para cobrir os riscos relacionados com o combalido setor de propriedade do país.

O BC espanhol afirmou que os bancos comerciais foram notificados sobre a necessidade de eles levantarem € 29,08 bilhões de euros (US$ 38 bilhões) de valor extra de provisões e € 15,57 bilhões extras de capital principal.

Os planos do governo esperam que os bancos consigam obter esses fundos principalmente com seus próprios lucros, mas também de outras formas, incluindo emissão de ativos. Ele também criou incentivos para que os bancos mais fortes possam assumir os mais fracos minimizando, dessa forma, a necessidade de injeções de capital do governo.

O Banco da Espanha disse que 11 bancos, que não foram identificados, estão implementando ou estão negociando acordos para cinco fusões.

"Esse é um passo muito importante e fortalece os bancos espanhóis", após movimentos anteriores de limpeza do setor desde 2009, acrescentou o Banco da Espanha. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaBCrecapitalização

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.