BC da Nova Zelândia mantém taxa básica de juros em 3%

A decisão ficou em linha com a previsão de economistas consultados pela Dow Jones

Renato Martins, da Agência Estado,

26 de janeiro de 2011 | 18h12

O banco central da Nova Zelândia (RBNZ) manteve sua taxa básica de juros inalterada em 3,00%. A decisão ficou em linha com a previsão de economistas consultados pela Dow Jones.

"A atividade econômica doméstica foi mais fraca do que se previa no segundo semestre de 2010", disse em comunicado o presidente do RBNZ, Alan Bollard. "Embora seja provável que as taxas de juro subam modestamente ao longo dos próximos dois anos, no momento parece prudente manter a taxa OCR baixa até que a recuperação se torne mais robusta e que as pressões inflacionárias mostrem sinais mais óbvios de elevação", acrescenta o comunicado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco CentralNova Zelândiajuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.