BC da Rússia eleva taxa básica de juros em 1 ponto porcentual para 10,5%

O Banco Central da Rússia elevou nesta quinta-feira as principais taxas de juros em um ponto porcentual, em um movimento para conter a inflação e limitar uma queda prolongada no rublo.

Estadão Conteúdo

11 Dezembro 2014 | 09h33

O BC aumentou a sua taxa básica para 10,5%, de 9,5%, marcando a quinta alta neste ano. A taxa de depósito subiu para 9,5%, de 8,5%, enquanto a taxa de recompra de uma semana, que serve como um teto para as taxas do mercado monetário, avançou para 11,5%, de 10,5%.

A elevação de juros, que foi menor do que alguns participantes do mercado esperavam, vem depois que o rublo caiu mais de 40% em relação ao dólar até agora neste ano. A combinação da queda dos preços do petróleo e o impacto das sanções ocidentais contribuiu para uma desaceleração econômica na Rússia, levando os investidores a vender ativos denominados em rublo, como ações e bônus. As compras de dólares por empresas russas à frente dos pagamentos de dívida no fim do ano também pesou sobre o rublo.

A instituição disse que está pronta para elevar ainda mais os juros e citou a inflação elevada no país, que deve ficar em 10% neste ano. Segundo o banco, a alta de preços pode superar 10% no primeiro trimestre de 2015 e os investimentos de capital devem recuar. O próximo encontro do banco será em 30 de janeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
RússiaBCjuroselevação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.