BC da Venezuela inicia leilões de dólares

O Banco Central da Venezuela começa, hoje, a realizar leilões diários de dólares norte-americanos ao mercado de câmbio. O objetivo é garantir as ofertas da moeda enquanto o bolívar se adapta ao sistema de livre flutuação. A autoridade oferecerá uma "quantia pré-determinada" de dólares - a ser anunciada antes dos leilões - aos bancos e às casas de câmbio. Representantes de bancos disseram que estas quantias devem ser em torno de US$ 60 milhões. O presidente da Venezuela, Hugo Chavez, disse ontem, em seu programa semanal de rádio, que o volume leiloado diariamente pelo banco central deve ficar entre US$ 60 milhões e US$ 80 milhões. Na terça-feira passada, Chavez implementou o sistema cambial de livre flutuação, eliminando o sistema de bandas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.