Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BC de Israel corta taxa de juros para 0,50%

O Banco de Israel cortou a taxa básica de juros para agosto em 0,25 ponto porcentual, para 0,50%, citando a desaceleração da inflação e a fraqueza das exportações e da economia mundial. Em um comunicado, o banco central afirmou que os efeitos econômicos do conflito com grupos armados na Faixa de Gaza ainda são desconhecidos. O último corte nos juros em Israel havia sido feito no fim de fevereiro, para março.

Agência Estado

28 de julho de 2014 | 12h41

Em junho, a taxa anual de inflação no país foi de apenas 0,5%, abaixo da faixa meta do governo, de algo entre 1,0% e 3,0%. As exportações, que são um dos pilares da economia local, recuaram 9,0% no segundo trimestre deste ano, segundo o banco central. Todos esses dados são de antes do atual conflito com militantes em Gaza, que começou em 8 de julho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraeljurosBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.