BC decide resgatar contrato cambial de US$ 1,1 bilhão

Depois de reduzir gradativamente a parcela da dívida atrelada ao dólar que vinha sendo rolada a cada vencimento, o Banco Central decidiu que não irá renovar os contratos especiais de câmbio (swap cambial) que vencerão na próxima semana. Com isso, o leilão marcado para esta quarta-feira foi cancelado e o total de US$ 1,135 bilhão em contratos de swap cambial será resgatado no dia 15, data do vencimento. A medida faz parte da estratégia do BC de diminuir a exposição da dívida pública à oscilações da taxa de câmbio.No início do mês passado, a instituição já havia reduzido a quantidade de leilões, fixando apenas uma oportunidade para o interessados em renovar a dívida fazerem as propostas. O diretor de Política Monetária do BC, Luiz Augusto Candiota, disse em Nova York, onde participou de reuniões com agências de classificação de risco para falar sobre a situação da economia brasileira, que a redução na demanda por proteção (hedge) cambial vem acontecendo em razão da redução expressiva da volatilidade da taxa de câmbio e também da recuperação da credibilidade do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.