BC destaca expansão no Estado de Minas Gerais

Impulsionada pelo crescimento no comércio de veículos e pelo crescimento da demanda mundial de minérios, a economia do Estado de Minas Gerais é destaque no Boletim Regional do Banco Central (BC), apresentado ontem em Fortaleza. O documento contém uma visão específica de cada região do Brasil a partir de dados e indicadores usados para formular políticas nacionais.De acordo com o diretor de Política Econômica do BC, Mário Mesquita, os números mostram que, no Brasil, de forma geral, a economia segue trajetória positiva. "Existem disparidades, mas eu creio que a imagem que fica é de uma economia que cresce, reduz as desigualdades e de uma economia que tem esse comportamento com inflação sob controle", destacou Mesquita. A indústria mineira tem apresentado desempenho significativamente superior à média nacional ao longo deste ano, acumulando crescimento de 8,4% de janeiro a julho, ante 5,1% no Brasil. Segundo análise do BC, esse dinamismo está particularmente associado à evolução da mineração, da metalurgia básica (incluindo siderurgia) e da indústria automobilística, que respondem, respectivamente, por 17%, 24% e 9% do Valor da Transformação Industrial (VTI) do Estado.Outros EstadosA economia do Estado do Rio mostrou, no trimestre encerrado em julho deste ano, segundo o BC, crescimento moderado, continuando a apresentar um dinamismo inferior ao observado na economia brasileira. São Paulo segue em ascensão, segundo o boletim do BC. O destaque são as vendas no comércio, com crescimento de 9,5% em 12 meses até julho em relação ao mesmo período de 2006, acima da produção industrial. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.