Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BC destaca posição externa favorável do País

O Banco Central divulgou hoje um relatório com o tema "Indicadores de Sustentabilidade Externa do Brasil, Evolução Recente". O documento de sete páginas faz um resumo do desempenho positivo de uma série de índices econômicos brasileiros ligados ao setor externo. Para o BC, o bom desempenho desses números tende a diminuir o impacto de eventos externos adversos.No documento, o BC avalia que o Brasil "presenciou, a partir de 2003, significativa melhora em sua posição financeira internacional". Essa melhora teria sido gerada pela "implementação de políticas macroeconômicas consistentes e a confortável liquidez global". O quadro propiciou ingressos recordes de divisas no País, diz o BC. Outro fator que colaborou para o cenário foi o desempenho da balança comercial e do saldo de transações correntes, que trouxeram resultados recordes. "A conjugação desses efeitos possibilitou expressiva melhoria nos indicadores de sustentabilidade externa que, em vários casos, situam-se nos melhores patamares da série histórica".O relatório pondera que o ingresso de dólares ocorrido nos últimos anos foi "bem distribuído" entre exportações, investimentos diretos, mercado de capitais, dívida pública e empréstimos diretos. "A desconcentração desses fluxos, seja em relação a produtos específicos, seja em suas modalidades de ingresso, constitui fator de fortalecimento da posição externa brasileira", cita o texto.Esse cenário permitiu, por exemplo, a elevação das reservas internacionais brasileiras a níveis recordes e redução dos indicadores da dívida externa. "Especialmente em função da diminuição da dívida pública", cita o documento."A análise dos resultados observados pelo setor externo da economia brasileira nos últimos anos e seus impactos nos indicadores de sustentabilidade externa mostram um inquestionável fortalecimento da posição externa do País. Em resumo, diante de um cenário internacional caracterizado por aumento considerável na incerteza, pela volatilidade dos mercados financeiros e desaceleração da atividade econômica, a melhoria desses indicadores tende a mitigar, embora sem anular por completo, o impacto de eventos externos adversos", conclui o relatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.