BC deve controlar remessa de lucros, diz deputado

O presidente da Comissão de Finanças da Câmara, deputado Benito Gama (PMDB-BA), elogiou a decisão do Copom de aumentar a taxa Selic de 18% para 21%. Na opinião dele, a próxima medida que deve ser tomada pela equipe econômica é chamar os dirigentes das empresas multinacionais para uma conversa e impor um controle da remessa de lucros dessas companhias. "Essa decisão do BC foi corajosa e mostra que há responsabilidade com governabilidade", disse Gama, que não foi reeleito em 6 de outubro. "A meu ver, era a única alternativa no momento para combater a alta do dólar sem queimar as reservas", completou o deputado. O deputado Ricardo Berzoini (PT-SP), que integra a Comissão de Economia da Câmara, condenou a decisão do Banco Central de elevar a taxa Selic. Segundo o deputado, as consequências dessa medida serão imediatas, como a desaceleração da economia, o custo adicional para a rolagem da dívida interna e o aumento do desemprego. "Não foi uma boa medida. Na sexta-feira, as medidas foram mais adequadas que a de hoje", disse Berzoini, referindo-se às determinações do BC para diminuir a especulação com o dólar. "Acho que haveria mais espaço para outras decisões que não fosse o aumento da taxa Selic", afirmou o deputado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.