Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BC: dívida externa sobe para US$ 282,461 bi em abril

A dívida externa do País subiu para US$ 282,461 bilhões em abril, segundo dados estimados pelo Banco Central (BC). Em março, a estimativa do BC para o indicador estava em US$ 276,678 bilhões e, em dezembro de 2010 (último dado fechado), em US$ 256,804 bilhões. No mês passado, a dívida de curto prazo recuou para US$ 64,333 bilhões, ante US$ 67,672 bilhões em março.

FABIO GRANER E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

25 de maio de 2011 | 12h02

A dívida de longo prazo, por outro lado, subiu para US$ 218,128 bilhões, ante US$ 209,005 bilhões. Em abril, começou a valer o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6% para operações de crédito de até dois anos, medida adotada pelo governo para conter a entrada de capital externo de curto prazo.

Taxa de rolagem

A taxa de rolagem dos empréstimos de médio e longo prazos atingiu 1.417% em abril, segundo os dados do BC. O número elevado é resultado do baixo volume de amortizações (US$ 558 milhões) em relação à grande quantidade de desembolsos de empréstimos (US$ 7,910 bilhões). A rolagem de bônus, notes e commercial papers em abril foi de 22.039% (com desembolsos de US$ 5,373 bilhões e amortizações de apenas US$ 24 milhões) e a de empréstimos diretos, de 475%.

No acumulado do ano, a taxa de rolagem dos empréstimos de médio e longo prazos é de 490%, com bônus, notes e commercial papers com taxa de 1.367% e empréstimos diretos, de 277%.

Tudo o que sabemos sobre:
dívida externarolagemempréstimosBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.