BC: dívida líquida do setor público cai para 41,2% do PIB

A dívida líquida do setor público, que inclui o Tesouro Nacional, o Banco Central, as empresas estatais, além dos governos regionais (Estados e municípios), caiu para 41,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em março, atingindo R$ 1,141 trilhão. De acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central, de março do ano passado para março deste ano, a queda foi de R$ 15,684 bilhões. Em fevereiro de 2008, o estoque da dívida era de R$ 1,157 trilhão. No final do ano passado, a dívida líquida do setor público era de R$ 1,150 trilhão, ou 42,7% do PIB.De acordo com as informações do BC, a dívida caiu, em março deste ano, em razão do fato de as contas públicas terem apresentado um superávit nominal de R$ 3,990 bilhão no mês passado e em razão do impacto da depreciação cambial no estoque da dívida. Esse impacto proporcionou um ganho de R$ 9,6 bilhões. No ano, a dívida líquida já apresentou uma redução de 1,4 ponto porcentual do PIB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.