BC do Chile poderá cortar os juros neste ano

O presidente do banco central do Chile, José de Gregorio, disse hoje que não descarta uma redução na taxa básica de juros em 2011, tendo em vista os crescentes riscos internacionais, em especial na Europa.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

29 de setembro de 2011 | 15h07

No seu relatório trimestral de política monetária, divulgado este mês, o banco central disse que seu cenário base prevê uma taxa de juros estável até dezembro. "Mas nós não estamos casados com esse cenário", comentou Gregorio.

A taxa referencial de concessão de empréstimo overnight está em 5,25% há três meses, após uma série de altas. Esta semana, uma pesquisa do banco central com operadores do mercado financeiro mostrou que os participantes do mercado esperam uma taxa de juros de 5% em janeiro de 2012, caindo para 4,75% em abril. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
jurocorteChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.