carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

BC do Japão mantém política apesar de contração do 1o tri

O Banco do Japão manteve a política monetária nesta sexta-feira, sinalizando que a considerável contração econômica do primeiro trimestre não alterou a opinião de que uma recessão prolongada pode ser evitada.

REUTERS

20 de maio de 2011 | 07h20

O vice-presidente do banco central, Kiyohiko Nishimura, retirou a proposta de afrouxar ainda mais a política por meio de uma expansão no programa de compra de ativos. Ele propôs uma ampliação no mês passado, mas foi derrotado por 8 votos a um.

Como esperado, o BC japonês manteve por decisão unânime a taxa básica de juros na margem de zero a 0,1 por cento, e não anunciou mais medidas de estímulos.

O BC também manteve a avaliação sobre a economia, dizendo que há uma forte pressão de baixa, principalmente na produção, devido ao impacto do terremoto de 11 de março.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROJAPAOJURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.