BC do Japão retira viés de alta de juros e alerta sobre expansão

Em meio a um enfraquecimento docrescimento e a elevados custos de matérias-primas, o Banco doJapão eliminou sua tendência para aumento dos juros e seupresidente, Masaaki Shirakawa, alertou sobre a possibilidade deos riscos se manterem ao longo do ano que vem. "Se olharmos as perspectivas para 2008/09, estamoscolocando mais ênfase nos riscos", disse ele em entrevistacoletiva. Pela primeira vez em dois anos o banco central retirou deseu relatório, divulgado nesta quarta-feira, o mantra de queestá gradualmente "ajustando" o baixo juro japonês para níveismaiores. O BC também reduziu sua perspectiva de crescimento para oano fiscal a se encerrar em março de 2009 para 1,5 por cento,ante projeção anterior de 2,1 por cento. A entidade quase triplicou seu prognóstico para a inflação,para 1,1 por cento neste ano, contra a estimativa feita emoutubro de 0,4 por cento. (Por Hideyuki Sano)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.