BC do México corta previsão de crescimento em 2014 para 2,0% a 2,8%

O banco central do México cortou sua projeção de crescimento em 2014 para a segunda maior economia da América Latina nesta quarta-feira após um primeiro semestre fraco, reduzindo suas estimativas pela segunda vez neste ano.

REUTERS

13 de agosto de 2014 | 15h15

O banco central reduziu sua projeção de expansão em 2014 para entre 2,0 por cento e 2,8 por cento, contra estimativa anterior de 2,3 por cento a 3,3 por cento, informou o banco em seu relatório trimestral de inflação.

A previsão do banco central já havia sido reduzida em maio.

O BC também estimou que a taxa anual de inflação vai desacelerar ante o nível atual de mais de 4 por cento até o fim do ano, para perto de 3 por cento no inicio de 2015.

(Reportagem de Michael O'Boyle)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROMEXICOBC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.