BC do Reino Unido lança pacote de ajuda a bancos

O Banco da Inglaterra (BoE, banco central do Reino Unido) anunciou ontem um plano de ajuda ao sistema bancário, que enfrenta crise de liquidez no país. No valor de 50 bilhões de libras esterlinas (US$ 99,31 bilhões, ou cerca de R$ 165,7 bilhões), a medida permite que os bancos troquem temporariamente papéis do setor de hipoteca por títulos do governo.O objetivo é destravar as instituições financeiras, já que o elevado risco de contraparte (garantia) existente hoje está impedindo que os bancos emprestem dinheiro entre si. ?Pelo esquema, os bancos poderão, por um período, trocar ativos sem liquidez por Treasury Bills do Reino Unido de boa qualidade?, diz o comunicado do BoE.Segundo a autoridade monetária, atualmente os mercados de diversos títulos estão fechados e os bancos carregam em seus balanços muitos ativos baseados em hipotecas, que hoje não podem ser vendidos nem usados como garantias para a tomada de recursos novos.Conforme as regras do plano, a responsabilidade pelas perdas com os empréstimos imobiliários feitos, no entanto, continua com as instituições financeiras. A troca por títulos do governo terá período de um ano, renovável por no máximo mais três anos. O mecanismo só valerá para ativos existentes no final de 2007 e não poderá ser usado para novos financiamentos.Durante o prazo da troca, os bancos terão de pagar uma taxa baseada no juro interbancário (Libor para três meses). O pacote ficará aberto por seis meses, a partir de 21 de abril.?O plano especial do Banco da Inglaterra é desenhado para melhorar a posição de liquidez do sistema bancário e elevar a confiança no mercado financeiro, enquanto assegura que o risco de perdas nos empréstimos feitos ficará com os bancos?, diz o presidente do BoE, Mervyn King, por meio de comunicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.