BC dos Emirados Árabes oferece mais liquidez a Dubai

Anúncio neste domingo tenta evitar corrida a bancos na segunda-feira, dizem analistas.

BBC Brasil, BBC

29 de novembro de 2009 | 14h03

O Banco Central dos Emirados Árabes Unidos anunciou, neste domingo, a criação de um instrumento para oferecer mais liquidez a bancos do país.

Bancos estrangeiros operando nos Emirados Árabes também poderão utilizar o recurso.

Na última quarta-feira, o conglomerado estatal Dubai World, responsável pela vasta expansão imobiliária do emirado, havia anunciado que atrasaria o pagamento de suas dívidas, avaliadas em US$ 58 bilhões - a maior parte da dívida do emirado, de US$ 80 bilhões.

A ameaça de calote sacudiu os mercados internacionais, que estavam ou ainda estão tentando se recuperar da crise global financeira iniciada com a crise de crédito do mercado imobiliário americano, em setembro de 2008.

Corrida aos bancos

O Banco Central também afirmou, em um comunicado, que o sistema bancário dos Emirados Árabes Unidos está mais sólido e com mais liquidez do que no ano passado.

Analistas acreditam que o anúncio tenha a intenção de evitar uma possível corrida aos bancos nos Emirados Árabes e de países do Oriente Médio nesta segunda-feira, após o festival muçulmano Eid al-Adha.

O Banco Central também afirmou que vai "escolher" como dar assistência a Dubai.

"Vamos avaliar os comprometimentos de Dubai e analisá-los caso a caso", disse um representante do governo, em Abu Dhabi, no sábado.

"Isso não quer dizer que Abu Dhabi vai subscrever todas as dívidas deles."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.