BC é 1º lugar em ranking de transparência de informações

A pesquisa Focus, com as expectativas do mercado para a economia, e a divulgação de informações econômicas em sua página na internet deram ao Banco Central o primeiro lugar na transparência e na disponibilização de informações econômicas aos investidores em um ranking de 32 economias emergentes elaborado pelo Instituto of International Finance (IFF). O primeiro lugar do ranking foi alcançado após o BC ter promovido ainda neste ano três alterações em sua página na internet."Colocamos a apresentação de diretores do banco no mesmo ambiente da sala de investidores e acrescentamos dois links para a página do BEST Brazil (programa que visa promover os mercados de capitais brasileiros no exterior)", disse o gerente executivo da Gerin (Gerência Executiva de Relação com Investidores), Renato Rosek.Feito desde dezembro de 2005, o ranking elaborado pelo IFF tem como propósito medir o grau de transparência na disponibilização de informações econômicas e do próprio relacionamento com investidores.Pelos links, os investidores domésticos ou estrangeiros podem ter acesso a informações básicas sobre a estrutura legal e regulatória do país. "Muitas vezes o estrangeiro quer fazer um investimento no Brasil e não sabe como proceder. Com os dados da página do BEST Brazil o problema fica solucionado", comentou o gerente executivo da Gerin.Avaliação Na página do BEST Brazil, o investidor estrangeiro também pode contar com a agenda de apresentações de autoridades econômicas do Brasil a serem realizadas no exterior neste ano. "São apresentações que não têm relação alguma com a realização de captações nos mercados internacionais", explicou.Com as mudanças, a Gerin passou a satisfazer todos os 20 critérios de avaliação usados pelo IFF na elaboração do ranking. "Até então só conseguíamos atender 17 dos 20 critérios de avaliação", comentou Rosek. Em função disso, o Brasil aparecia no relatório de setembro do ano passado atrás de países como Coréia, México e Filipinas."A consolidação da nossa liderança ocorreu antes mesmo do IFF apresentar um novo relatório de avaliação", destacou o gerente executivo da Gerin. Criada em abril de 1999, a Gerin é mais conhecida por elaborar a pesquisa Focus com as projeções do mercado financeiro para indicadores econômicos como inflação, taxas de juros e crescimento do PIB.Criado em 1983, o IFF é composto por 320 bancos comerciais, bancos de investimento, seguradoras e administradores de recursos de terceiros de 60 países. "É um espécie de Febraban dos grandes bancos privados no mundo", disse o gerente executivo da Gerin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.