BC: 'é plausível' que política monetária não mude e Selic não seja reduzida

O Banco Central informou nesta quinta-feira que é "plausível" levar a inflação para a trajetória da meta dentro do cenário que não inclui redução da Selic.

REUTERS

11 de setembro de 2014 | 08h54

"Apesar de a inflação ainda se encontrar elevada, o Copom pondera que pressões inflacionárias ora presentes na economia... tendem a arrefecer ou, até mesmo, a se esgotarem ao longo do horizonte relevante para a política monetária", trouxe o BC por meio da ata do Comitê de Política Monetária (Copom).

"Nesse contexto, é plausível afirmar que, mantidas as condições monetárias --isto é, levando em conta estratégia que não contempla redução do instrumento de política monetária--, a inflação tende a entrar em trajetória de convergência para a meta nos trimestres finais do horizonte de projeção", acrescentou.

O BC também reduziu a projeção de inflação para este ano, mas encontrando-se acima do centro da meta, e manteve suas contas para 2015, pelo cenário de referência.

(Por Patrícia Duarte)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENATA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.