BC eleva Selic em 0,50 ponto e tenta evitar ajuste total maior

O Comitê de Política Monetária (Copom)elevou nesta quarta-feira a taxa básica de juro em 0,50 pontopercentual, para 11,75 por cento ao ano, em movimento vistopelo próprio Banco Central como um esforço para restringir oajuste futuro. Foi o primeiro aumento da taxa desde maio de 2005. Adecisão foi tomada de forma unânime pela diretoria do BancoCentral. Em breve comunicado, o Copom afirmou que a decisão derealizar agora "parte relevante" do ajuste da Selic vaicontribuir para redução "tempestiva" do risco inflacionário.Isso, segundo o colegiado do Banco Central, deverá reduzir amagnitude do ajuste total a ser implementado. Pesquisa da Reuters feita junto a 34 instituiçõesfinanceiras na última semana mostrou que 32 já apostavam em umaalta do juro, mas previam 0,25 ponto percentual. Os economistas citaram o tom de preocupação crescente doBanco Central com um descasamento entre oferta e demanda etambém o fato de a inflação ter ficado acima do esperado emmarço. A próxima reunião do Copom está agendada para os dias 3 e 4de junho. (Por Isabel Versiani; Edição de Daniela Machado e AlexandreCaverni)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.