BC: Estados são principais responsáveis por superávit

Os Estados foram os principais responsáveis pelo superávit primário registrado nas contas do setor público (formado pelo governo federal, Estados, municípios e empresas estatais) de agosto, que atingiram R$ 4,561 bilhões, segundo divulgou hoje o Banco Central (BC). O superávit primário é a economia feita pelo governo para o pagamento de juros da dívida pública.

ADRIANA FERNANDES E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

30 de setembro de 2011 | 11h27

Os Estados responderam pelo resultado positivo de R$ 2,697 bilhões no mês. Os municípios fecharam agosto com zero de superávit. As contas do governo central, que englobam Tesouro, Banco Central e Previdência, ficaram com superávit primário de R$ 2,031 bilhões.

As empresas estatais atingiram no mês um déficit de R$ 166 milhões. Enquanto as empresas estatais federais tiveram déficit de R$ 262 milhões, as estaduais registraram superávit de R$ 163 milhões e as municipais apresentaram resultado negativo de R$ 67 milhões.

No acumulado do ano, de janeiro a agosto, os governos estaduais registram superávit primário de R$ 24,408 bilhões, o equivalente a 0,92% do Produto Interno Bruto (PIB). Os municípios fizeram superávit primário de R$ 2,049 bilhões, equivalente a 0,08% do PIB. Juntos, Estados e municípios registram superávit primário de janeiro a agosto de 1% do PIB, o equivalente a R$ 26,458 bilhões.

As contas do governo central acumulam superávit no ano de R$ 68,338 bilhões, ou 2,58% do PIB. As empresas estatais têm resultado positivo de R$ 1,744 bilhão, ou 0,07% do PIB. Empresas federais contribuíram com superávit de R$ 356 milhões, as estaduais com R$ 1,238 bilhão e as empresas estatais municipais, com superávit de R$ 151 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.