BC: estatais federais economizaram R$ 4,4 bi em maio

As empresas estatais federais ajudaram a impulsionar o resultado das contas do setor público em maio. Segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC), as estatais federais saíram de um déficit de R$ 853 milhões, registrado em abril, para um superávit primário de R$ 4,4 bilhões. O superávit primário é o saldo que não leva em conta a despesa com o pagamento de juros da dívida. Em março, as empresas estatais federais tinham registrado um superávit de R$ 1,7 bilhão.Os dados do BC mostram também que as estatais estaduais apresentaram um superávit primário de R$ 153 milhões em maio, ante um superávit de R$ 199 registrado em abril. As empresas estatais municipais registraram em maio um superávit primário de R$ 14 milhões, ante um saldo positivo de R$ 46 milhões em abril. Os governos regionais (Estados e municípios) também registraram forte contribuição para o resultado primário de maio. Enquanto os Estados apresentaram superávit de R$ 3,5 bilhões, os municípios contribuíram com um saldo positivo de R$ 170 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.