BC estima impacto do reajuste sobre inflação de julho

O Banco Central (BC) divulgou hoje um boletim Focus em que informa que o impacto do ajuste da telefonia fixa sobre o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de julho está estimado em 0,56 ponto percentual. O BC informou ainda, no mesmo boletim, que o impacto do reajuste das tarifas de telefonia sobre o IPCA de julho seria de 0,66 ponto percentual se o reajuste fosse feito pelo valor integral do índice que corrige o valor das tarifas de telefone. O Banco Central também estima que o peso do impacto do reajuste da tarifa de telefonia fixa sobre o IPCA de julho será de 2,95%. Impacto já estava previstoO secretário executivo do Ministério da Fazenda, Bernard Appy, disse que o reajuste médio de 28,75% na tarifa telefônica não implicará novo esforço do governo para conter a inflação. Segundo ele, a alta já estava precificada nas projeções. Além disso, os itens com maior peso nos índices inflacionários, como pulso e tarifa residencial, tiveram reajuste menor, de 24,5%, o que deve impedir a chamada inércia inflacionária. O secretário afirmou que a negociação tarifária ficou a cargo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e coube ao Ministério da Fazenda indicar o quanto preferiria de aumento.Leia também: » Impacto de reajuste deve ser menor que 1%, diz Meirelles » Genoíno nega constrangimento com reajuste de telefones » BrT e Telemar publicam novas tabelas de preços » Presidente da Anatel diz que não afrontou Lula » Governo respeitará os contratos com as teles, diz Palocci » Lula pede a Anatel que só conceda reajuste após negociação » Telefônica antecipa à Agência Estado que aumento será de 28,7%, de uma só vez,

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.