Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BC estuda melhorar garantias de recebível para crédito

O Banco Central estudará, a partir de hoje, uma forma de garantir ao credor que um título de recebível apresentado por uma empresa como garantia na tomada de crédito seja enviado exclusivamente a uma instituição. A informação foi dada pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que recebeu com entusiasmo a sugestão fornecida pelo senador Aloísio Mercadante (PT-SP) no seminário "Atitudes Positivas para Enfrentar a Crise", realizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) e pela Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap), com apoio do jornal O Estado de S. Paulo.Mercadante explicou que a sugestão, no entanto, foi dada por um diretor de um banco de pequeno porte. O diretor teria relatado ao senador que recebe solicitações de crédito de empresas que apresentam o recebível, mas que ele sente falta de segurança com essa garantia pois não sabe se a mesma estaria sendo usada no pedido de crédito a outra instituição. "Acho boa a idéia de títulos descontados. Vou analisar isso ainda hoje com o departamento jurídico", afirmou Meirelles.Essa garantia, de acordo com Meirelles, estaria no bojo do projeto de cadastro positivo que está em analise no Congresso. "É o momento de fato de conversarmos com parlamentares para dar prioridade a este tipo de coisa, que neste momento torna-se mais importante", explicou. Para ele, em meio a problemas de falta de crédito, o projeto do cadastro positivo passa hoje a ser fundamental.

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

11 de novembro de 2008 | 17h29

Tudo o que sabemos sobre:
criseBCMeirelles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.