BC estuda se mantém medidas anticrise

A situação dos mercados financeiros deve ser o principal fator a ser considerado pelo Banco Central do Japão ao decidir se vai estender as medidas adotadas para combater a crise de crédito. A opinião foi manifestada por membros do banco na reunião de política monetária de maio, conforme revelou a ata do encontro divulgada ontem. "Alguns membros disseram que a decisão de continuar ou não com várias medidas temporárias, as quais acabariam em 30 de setembro ou depois, deve ser determinada pelo exame atento dos acontecimentos nos mercados financeiros e no financiamento das empresas", diz a ata.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.