Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

BC europeu diz estar em estado de alerta elevado

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, disse hoje que a autoridade monetária da zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) está em estado de alerta elevado devido às pressões inflacionárias na região, que devem durar mais do que o esperado. Ele afirmou que há riscos à estabilidade dos preços em conseqüência dos robustos preços dos alimentos e do petróleo. As considerações mais pessimistas de Trichet basearam-se nas projeções da instituição para o crescimento econômico e inflacionário para os próximos dois anos. Segundo ele, o BCE projeta inflação entre 3,2% e 3,6% em 2008 e entre 1,8% e 3% em 2009, deve ficar em torno de 2,4% no ano que vem. Para o economista do Bank of America, Holger Schmieding, qualquer projeção para a inflação para o ano que vem acima de 2,3% é "um sinal inesperadamente forte".Segundo Trichet, a inflação, puxada em grande parte pelos preços globais das matérias-primas (commodities), irá manter o índice de preços harmonizado ao consumidor à taxa anual de 3% "por algum tempo, antes de moderar-se apenas gradualmente em 2009". PIBTrichet disse também que a economia na zona do euro irá provavelmente desacelerar-se. Para ele, há inclusive o risco de que o crescimento no próximo ano seja menor do que a projeção recente de expansão de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009. As informações são da Dow Jones.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

05 de junho de 2008 | 11h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.