BC Europeu eleva em € 65 bi projeção de perdas dos bancos

Estimativa agora é de 553 bilhões de euros, 13% a mais que os 488 bilhões de euros previstos anteriormente

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

18 de dezembro de 2009 | 13h10

Os bancos da zona do euro perderão mais dinheiro com a crise do que o originalmente previsto, embora o risco de um colapso do sistema financeiro tenha diminuído devido às medidas emergenciais adotadas pelos governos e pelos próprios bancos, de acordo com um relatório semestral do Banco Central Europeu (BCE).

 

De acordo com o documento, o BCE estima que as instituições financeiras perderão 553 bilhões de euros com empréstimos e baixas contábeis de títulos. Anteriormente, o banco central calculava que estas perdas seriam de 488 bilhões de euros.

Durante uma entrevista coletiva, o vice-presidente do BCE, Lucas Papademos, afirmou que dados mais recentes mostraram que o prejuízo dos bancos com ativos ligados a imóveis comerciais e nas regiões do centro e do leste europeu foram maiores do que o originalmente previsto.

 

No entanto, a autoridade afirmou que houve "melhora nas condições financeiras e no desempenho econômico real e também uma diminuição no grau de risco sistêmico".

 

"Acho que houve uma melhora significativa no sentido de fortalecer a posição de capital dos bancos e de adotar provisões para combater as perdas com empréstimos", afirmou Papademos. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.