BC europeu eleva taxa de juros na zona do euro

Correspondendo às expectativas do mercado financeiro, o Banco Central Europeu (BCE) decidiu, nesta quinta-feira, subir a taxa básica de juros (semelhante à Selic brasileira, que atualmente está 17,25% ao ano) da eurozona em 0,25 ponto percentual. Com a alta, a taxa ficou 2,50% ao ano.A instituição européia subiu também a linha de crédito marginal, pela qual empresta dinheiro às entidades, para 3,50%. Também foi elevada a linha de depósito, pela qual remunera o dinheiro, para 1,50%.Segundo analistas, o BCE subiu o preço do dinheiro porque novo números certificaram que o crescimento econômico da área é estável, e que existem pressões sobre os preços. A zona do euro é formada por Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo e Portugal. A União Européia inclui, além destes, Dinamarca, Reino Unido, República Tcheca, Suécia, Polônia, Eslovênia, Eslováquia, Hungria, Estônia, Lituânia, Letônia, Malta e Chipre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.