finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BC europeu mantém juros em 4% e Inglaterra, em 5,75%

O Banco Central Europeu (BCE) manteve a taxa de juros básica em 4% ao ano, o que já era esperado pelo mercado. Das 51 instituições financeiras entrevistadas pela Dow Jones, 50 apostavam que o BCE não mexeria nos juros na reunião de hoje. A taxa de juros do BCE é referência para 13 países da Europa, na chamada zona do euro, que têm em comum o euro como unidade monetária.O BCE não forneceu nenhuma explicação para a decisão e o mercado espera agora a entrevista do presidente do banco, Jean-Claude Trichet, prevista para as 11h30. Analistas irão buscar nos comentários de Trichet indícios de que o BCE poderá elevar os juros em breve e declarações sobre o fortalecimento recente do euro.InglaterraO Banco da Inglaterra (BoE, banco central do país) também manteve sua taxa de juros em 5,75% ao ano, após dois dias de reunião do comitê de política monetária. A decisão fez a libra esterlina acelerar os ganhos. A moeda superou o nível US$ 2,1072, que não era visto nos últimos 26 anos.O banco fez o anúncio e não divulgou comentário, ressaltando apenas que o relatório trimestral de inflação com as novas previsões econômicas será divulgado em 14 de novembro e que a ata da reunião encerrada hoje será publicada em 21 de novembro. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.