BC Europeu vai agir para evitar aumento da inflação

O Banco Central Europeu (BCE) nãohesitará em tomar medidas para impedir que os preços dopetróleo e dos alimentos afetem a inflação, afirmou opresidente da instituição, Jean-Claude Trichet, duranteaudiência no Parlamento Europeu nesta quarta-feira. A inflação na zona do euro deve desacelerar gradualmente nopróximo ano, mas os fundamentos que sustentam o crescimentoeconômico continuam sólidos, disse Trichet. Os comentários dopresidente do BCE ficaram em linha com o pronunciamento feitopor ele em 6 de dezembro, depois que o BCE decidiu manter ataxa básica de juro da região em 4 por cento. A credibilidade do BCE no combate a inflação vai ajudar agarantir que o aumento temporário da inflação, causado pelospreços mais altos das commodities, não seja refletido nademanda por salários mais altos e aumento dos preços dos bensde consumo, disse Trichet. Mas o BC europeu poderá tomar medidas mais concretas se fornecessário. "Agindo de maneira firme e em tempo, com base emsuas avaliações, o conselho diretor (do BCE) vai garantir quetais efeitos secundários e os riscos para a estabilidade depreços ao longo do médio prazo não se materializem", disse opresidente do BCE. (Reportagem de Huw Jones)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.