Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

BC faz leilão de dólares de alcance mais amplo na próxima semana

BELO HORIZONTE, 27 de março (Reutes - O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, anunciou nesta sexta-feira que a instituição fará na próxima semana os primeiros leilões de dólares nos quais os recursos poderão ser livremente alocados pelos bancos, não ficando restritos aos financiamento a exportações ou rolagem de dívidas no exterior.

REUTERS

27 de março de 2009 | 19h44

Segundo Meirelles, poderão acessar os recursos "empresas brasileiras que não tinham dívidas no exterior e não são necessariamente exportadores, mas que têm necessidade de empréstimo moeda externa".

"Isso é muito importante porque complementa e flexibiliza o processo e colabora na regularização do mercado de crédito no Brasil", afirmou Meirelles durante evento na sede do BC em Belo Horizonte.

Ele não entrou em detalhes sobre valores que serão oferecidos, mas disse que "não há limite" para os leilões.

"Em termos de montantes, o Banco Central vai atender à demanda, desde que seja em taxas compatíveis com as condições de mercado", afirmou.

Meirelles acrescentou que em abril o BC deve abrir a possibilidade de participação nas operações de financiamento com recursos das reservas de bancos que não têm operação no Brasil.

"Tudo isso visa a normalizar o crédito, aumentar a competição e baixar os spreads", disse Meirelles.

(Reportagem de Marcelo Portela)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENMEIRELLESLEILAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.