BC: gasto com juros subiu para R$ 15,4 bi em fevereiro

O gasto com juros do setor público (União, Estados, municípios e empresas estatais), em fevereiro, subiu para R$ 15,444 bilhões, ante o gasto de R$ 13,131 bilhões em janeiro. Em fevereiro de 2007 essa despesa havia sido de R$ 11,009 bilhões. Os números foram divulgados hoje pelo Banco Central, no Relatório de Política Fiscal.No acumulado de janeiro e fevereiro, a despesa com juros soma R$ 28,575 bilhões, valor superior ao registrado em igual período de 2007, quanto a despesa totalizou R$ 24,935 bilhões. Nos 12 meses encerrados em fevereiro de 2008, a despesa com juros nominais atingiu R$ 163,172 bilhões. Esse valor corresponde a 6,25% do Produto Interno Bruto (PIB).Dívida totalA dívida líquida do setor público consolidado, de acordo com o BC, fechou fevereiro em 42,2% no Produto Interno Bruto (PIB), equivalente a R$ 1,157 trilhão. Em janeiro, a proporção foi de 41,9%, equivalente a R$ 1,140 trilhão. Em dezembro de 2007, a proporção era de 42,7% do PIB.Segundo o BC, a oscilação da dívida resultou "do superávit primário, com 1 ponto porcentual, ajuste de paridade da cesta de moedas, com 0,3 ponto porcentual, e o efeito do crescimento do PIB, valorizado com 0,7 ponto." Todas as contribuições foram no sentido de reduzir o indicador. No sentido contrário, os indicadores foram: juros nominais, com contribuição negativa de 1 ponto porcentual, e o ajuste decorrente da valorização cambial, com 0,5 ponto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.