BC inglês mantém juro em 0,5% pelo 4º mês seguido

Decisão era esperada pelo mercado; autoridade monetária também vai manter nível de compras de títulos

Nathália Ferreira, da Agência Estado, e Dow Jones,

04 de junho de 2009 | 08h20

O Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra (BoE, o banco central inglês) decidiu nesta quinta-feira, 4, manter a taxa básica de juro do Reino Unido em 0,5% ao ano pelo quarto mês consecutivo. Também permaneceu inalterado em 125 bilhões de libras o tamanho do programa do BoE de compra de títulos. A decisão era amplamente esperada pelo mercado, mas muitos analistas acreditam que o BC inglês terá de expandir as compras de bônus nos próximos meses.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

 

No mês passado, o BoE elevou o tamanho do programa de afrouxamento quantitativo - por meio do qual vem adquirindo bônus do governo britânico (gilts) e bônus corporativos - para 125 bilhões de libras até agosto, dos 75 bilhões de libras definidos em março. No comunicado divulgado nesta quinta-feira, o banco central inglês afirmou que o tamanho do programa de compra de bônus será mantido sob revisão.

Tudo o que sabemos sobre:
crise financeirajurosReino Unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.