BC: ingresso de dólares soma US$ 661 mi até dia 12

O fluxo cambial em junho até o dia 12 está positivo em US$ 661 milhões, informou hoje o Banco Central. Em igual período do ano passado, o valor era negativo em US$ 143 milhões. Se o resultado do fluxo continuar no azul até o fim do mês, junho será o terceiro mês seguido de ingresso líquido de dólares no Brasil. De acordo com os dados do BC, o ingresso de dólares nas duas primeiras semanas do mês foi gerado pelo segmento comercial, que apresentou entrada líquida de US$ 866 milhões. O valor é resultado de exportações totais de US$ 4,73 bilhões e importações que somaram US$ 3,864 bilhões. Na conta financeira, o resultado parcial do mês está no vermelho, com saída líquida de US$ 205 milhões. Nessa conta são contabilizados os movimentos de investidores estrangeiros e o fluxo gerado pelas empresas em remessas de lucros e investimentos no Brasil.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

17 de junho de 2009 | 13h28

No acumulado do ano até o dia 12 de junho, o fluxo cambial está positivo em US$ 2,251 bilhões. O valor foi gerado pela contribuição positiva de US$ 13,841 bilhões da conta comercial e pelo déficit de US$ 11,59 bilhões no segmento financeiro.

Compra de dólares

A compra diária de dólares realizada pelo Banco Central no mercado interbancário à vista somou US$ 1,073 bilhão em junho até o dia 9. De acordo com dados do BC, as intervenções têm somado média de US$ 153,28 milhões por dia. Nesse início do mês, a maior compra num único dia foi realizada no dia 2, quando foram adquiridos US$ 299 milhões. A menor intervenção do período foi no dia 9, com US$ 77 milhões. Desde que as compras foram retomadas em 8 de maio, a autoridade monetária já retirou US$ 4,102 bilhões do mercado cambial.

Tudo o que sabemos sobre:
fluxo cambialBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.