BC: investimento direto soma em julho US$ 1,6 bilhões

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Altamir Lopes, informou hoje que o Investimento Estrangeiro Direto (IED) em julho até hoje atinge US$ 1,6 bilhão. Segundo ele, os ingressos nessa conta devem fechar o mês em US$ 2 bilhões. Altamir informou que, em junho, o fluxo de IED ficou abaixo do esperado por conta de operações de retorno de IED, que ficaram entre US$ 600 milhões e US$ 800 milhões, somados os resultados dos setores automotivo e imobiliário.

FABIO GRANER E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

26 de julho de 2010 | 11h46

O BC previa IED de US$ 1,5 bilhão para junho e o resultado ficou em US$ 708 milhões, abaixo também do valor parcial anunciado no mês passado, que estava em US$ 900 milhões. Altamir disse que espera fluxo "muito positivo" de IED para o segundo semestre do ano.

Conta corrente

O chefe do Departamento Econômico do BC disse ainda que a conta corrente do balanço de pagamentos deve ter, em julho, déficit de US$ 3,7 bilhões. Segundo ele, há em 2010 uma aceleração do déficit externo, em função da maior atividade econômica e do aumento da renda da população, que acabam gerando mais importações de bens e serviços e também um maior volume de viagens internacionais.

Segundo Altamir, no resultado de junho, cujo déficit foi de US$ 5,180 bilhões, o fator determinante foi o aumento nas remessas de lucros e dividendos. O BC segue com a projeção de déficit de US$ 49 bilhões para o ano, mas ressalta que o número é financiável pelo IED, pelos investimentos em carteira e pela taxa de rolagem elevada.

Fluxo cambial

Altamir informou ainda que o fluxo cambial acumula saída líquida de US$ 2,930 bilhões em julho até o dia 22. Segundo ele, a conta financeira lidera a saída de dólares do Brasil, já que, nesse período, registrou déficit de US$ 1,731 bilhão. Esse valor foi gerado por saídas de US$ 20,804 bilhões, patamar superior ao ingresso de US$ 19,073 bilhões no período. Ele também anunciou que o fluxo comercial acumulou saída líquida de US$ 1,199 bilhão no mês de julho até o dia 22. Esse resultado foi gerado por importações de US$ 10,618 bilhões e exportações de US$ 9,419 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.