BC: investimento estrangeiro somou US$ 3 bi em março

Os investimentos estrangeiros diretos (IED) no Brasil somaram, em março deste ano, US$ 3,083 bilhões, informou hoje o Banco Central (BC). O valor é superior ao registrado em março do ano passado, quando foi de US$ 2,766 bilhões. No acumulado do primeiro trimestre de 2008, o ingresso de investimento estrangeiro direto soma US$ 8,799 bilhões, o equivalente a 2,59% do Produto Interno Bruto (PIB). Os números são maiores do que os registrados no primeiro trimestre de 2007, quando o IED somou US$ 6,566 bilhões, correspondente a 2,13% do PIB. Para o ano de 2008, a expectativa do BC é de que o ingresso de IED atinja US$ 32 bilhões.RemessasAs remessas de lucros e dividendos enviadas pelas empresas multinacionais com sede no Brasil em março somaram US$ 4,345 bilhões, com uma significativa alta em relação aos US$ 1,774 bilhão registrados em março de 2007. No primeiro trimestre de 2008, as remessas somaram US$ 8,662 bilhões, mais do que o dobro dos US$ 3,965 bilhões registrados em igual período de 2007. Já as despesas líquidas com juros totalizaram US$ 307 milhões no mês passado ante US$ 589 milhões em março de 2007. No primeiro trimestre deste ano, a queda do gasto com juro foi menor, atingindo US$ 2,191 bilhões ante US$ 2,863 bilhões em igual período de 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.