André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

BC já prevê IPCA em 4% em 2017, a terceira menor inflação do Plano Real

Para 2018, o cenário teve estimativa reduzida de 3,6% para 3,4%

Fernando Nakagawa e Fabrício de Castro, O Estado de S.Paulo

11 de janeiro de 2017 | 20h22

BRASÍLIA - O Banco Central reduziu mais uma vez as projeções para a inflação neste e no próximo ano e, segundo as estimativas da autoridade monetária, o ano caminha para terminar com a terceira menor inflação do Plano Real.

No comunicado divulgado após o corte surpreendente do juro para 13%, o BC informou que a expectativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2017 no cenário de referência caiu de 4,4% para 4%. Para 2018, o cenário teve estimativa reduzida de 3,6% para 3,4%. 

Também nesta quarta-feira, 11, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - a inflação oficial - encerrou 2016 em alta de 6,29%. Em 2015, o IPCA avançou 10,67%. Com essa redução significativa, analistas veem mais espaço para o BC cortar a taxa básica de juros.

Confirmada a projeção oficial do BC para 2017, o Brasil terá terminado o ano com a menor inflação em mais de uma década e o IPCA mais baixo desde 2006, ano em que o índice oficial fechou em 3,14%. Além disso, o País teria a terceira menor inflação da história do Plano Real e ficaria apenas à frente de 1998, quando o IPCA subiu 1,65%, e de 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco CentralBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.