BC já recolheu 118 milhões de moedas de R$ 1,00

Até o dia 26 de março, 118 milhões de moedas de R$ 1,00 em aço inoxidável haviam sido recolhidas pelo Banco Central. Ainda faltam ser trocadas 92 milhões de moedas. A informação é do chefe-adjunto do Departamento do Meio Circulante, Luís Henrique Cabral. Segundo ele, a estimativa é que, até meados de junho, todas as moedas tenham sido recolhidas. A partir de agora e até o dia 30 de setembro, a troca só pode ser feita nas representações do Banco Central ou em 146 agências autorizadas do Banco do Brasil. Do dia 1º de outubro em diante, as moedas poderão ser substituídas no Banco Central e em agência do Banco do Brasil previamente determinada. Cabral informou que o Banco Central já está estudando a substituição das moedas de aço inoxidável de R$ 0,50 e R$ 0,25, também por problemas de falsificação. Para mais informações sobre as agências credenciadas para a troca, basta acessar a página do Banco Central na internet www.bcb.gov.br ou pelo telefone 0800-992345. As informações são da agência Brasil.

Agencia Estado,

30 Março 2004 | 13h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.