BC japonês deve projetar meta de inflação no ano fiscal de 2015--fontes

O Banco do Japão, banco central do país, deve atualizar suas estimativas na próxima semana e adicionar um ano extra de projeções para mostrar que irá atingir sua meta de inflação, disseram fontes familiarizadas com o assunto, à medida que o banco aumenta suas compras de títulos para interromper 15 anos de deflação.

SUMIO ITO E YOSHIFUMI TAKEMOTO, Reuters

19 de abril de 2013 | 09h54

O BC japonês deve informar que o núcleo do índice de preços ao consumidor, que exclui alimentos mas inclui energia, irá aumentar 2 por cento no ano fiscal de 2015, que começa em abril de 2015, quando o BC se reunir em 26 de abril, afirmaram as fontes.

O banco central também deve atualizar sua estimativa para o ano fiscal de 2014, mostrando avanço de aproximadamente 1,5 por cento no núcleo do índice de preços ao consumidor, disseram as fontes. Isso é mais alto do que sua atual previsão de aumento de 0,9 por cento.

O presidente do BC japonês, Haruhiko Kuroda, prometeu alcançar os 2 por cento de inflação em dois anos com aumento sem precedentes nas compras do banco central da dívida do governo.

As estimativas, que até agora têm sido limitadas a dois anos, irão acrescentar o ano fiscal de 2015 para deixar claro que o banco central espera atingir sua meta.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROJAPAOBANCOCENTRAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.