BC japonês fará reunião emergencial na próxima semana

Instituição financeira decidirá sobre novo ajuste na política monetária

Agência Estado,

28 de agosto de 2010 | 14h07

O Banco do Japão (BOJ) deve realizar uma reunião extraordinária no começo da semana que vem para decidir sobre novo ajuste na política monetária, segundo a edição deste sábado, 28, do jornal japonês Asahi Shimbun.

A expectativa é que a instituição afrouxe ainda mais sua política diante da valorização do iene, que ameaça o cenário de gradual recuperação econômica do Japão. A reunião de emergência ocorrerá antes do encontro regulamentar, previsto para 6 e 7 de setembro.

O BOJ discutirá a possibilidade de expandir o volume de fundos oferecidos às instituições financeiras a uma taxa fixa de 0,1%, dos atuais 20 trilhões para 30 trilhões de ienes, ou estender o programa de três para seis meses, informou o Asahi Shimbun.

O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, disse na sexta-feira que planejava se reunir com o presidente do BOJ, Masaaki Shirakawa, assim que este retornasse de uma viagem aos Estados Unidos e que esperava "uma flexibilização da política monetária".

Shirawaka deverá retornar na segunda-feira de uma reunião promovida pelo Federal Reserve na estância de Jackson Hole, em Wyoming (EUA).

Um porta-voz se recusou a fazer comentários sobre a matéria do Asahi Shimbun. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobancoienereunião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.