Coluna

Fabrizio Gueratto: como o investidor pode recuperar suas perdas no IRB Brasil

BC japonês oferece até US$ 10,2 bi para ajudar bancos locais

Autoridade monetária quer impulsionar capital das instituições financeiras para evitar que crédito seque

Reuters,

17 de março de 2009 | 09h47

O Banco do Japão ofereceu até US$ 10,2 bilhões em empréstimos subordinados aos bancos do país para impulsionar o capital das instituições, procurando evitar que os financiamentos a empresas e consumidores seque.

 

Veja também:

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

especialDicionário da crise  

 

O capital dos bancos japoneses, que têm amplas quantidades de ações, foi duramente abatido pela queda dos mercados de valores que levou o índice local Nikkei para perto das mínimas em 26 anos.

 

Em mais uma medida pouco convencional, o BC informou em comunicado que oferecerá até 1 trilhão de ienes (US$ 10,2 bilhões) em recursos. O anúncio foi feito após uma reunião do BC, mas antes do fim dos dois dias de encontro sobre a política monetária, que acaba na quarta-feira.

 

No mês passado, o BC anunciou um programa para comprar até 1 trilhão de ienes em ações nas mãos de bancos.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraJapãoBancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.