carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

BC: juro médio do crédito cai a 34,8% em novembro

O juro médio das operações de crédito livre caiu para 34,8% ao ano em novembro. Dados divulgados hoje pelo Banco Central mostram que o juro voltou a ceder após a ligeira alta observada em outubro, quando o juro fechou em 35,4% ao ano. O recuo foi liderado pelas operações para pessoas físicas, cujo juro médio caiu de 40,4% para 39,1% entre os dois meses. Nas operações para empresas, a taxa caiu de 28,7% para 28,6% ao ano.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

23 de dezembro de 2010 | 11h00

Boa parte da queda dos juros pode ser explicada pela redução dos spreads bancários - que é a diferença entre a taxa de captação paga pelos bancos e o juro cobrado dos tomadores. O spread médio caiu de 24,4 pontos em outubro para 23,6 pontos porcentuais em novembro. Novamente, o maior recuo acontece na pessoa física, cujo spread recuou de 29 pontos para 27,3 pontos porcentuais. Nas operações para empresas, a margem recuou de 18,1 pontos para 17,9 pontos entre os dois meses.

Inadimplência

A taxa de inadimplência no crédito livre ficou estável pelo terceiro mês consecutivo em novembro. Os dados do BC mostram que o porcentual dos empréstimos com atraso superior a 90 dias no pagamento seguiu em 4,7% no mês passado, mesmo patamar visto desde setembro.

O comportamento nas diversas operações, porém, foi distinto. No conjunto de financiamentos para pessoas físicas, a inadimplência média caiu de 6% para 5,9% entre outubro e novembro. Já nas operações para empresas, a taxa subiu de 3,5% para 3,6% no mesmo período. Apesar das oscilações, no conjunto de todos os empréstimos, a taxa geral não teve alteração.

Tudo o que sabemos sobre:
créditojurosinadimplênciaspreadBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.