BC: juros do cheque especial caíram em abril

Segundo dados do Relatório de Juros e Spread Bancário divulgado hoje pelo Banco Central (BC), os juros do cheque especial nas operações para pessoas física apresentaram uma queda de 3,7 pontos porcentuais em abril em relação a março. Com a queda, as taxas do cheque especial passaram dos 148,8% ao ano para 145,1% ao ano na média do mês passado. O diretor de Política Monetária do BC, Luiz Fernando Figueiredo, explicou há pouco que a diminuição pode ser explicada pela própria redução da demanda por este produto bancário. "Com a redução da demanda, você teve bancos que passaram a oferecer prêmios em forma de taxas mais baixas para atrair clientes", disse. Já o spread bancário - diferença entre as taxas de juros dos empréstimos bancários e a das captações de recursos - nas operações de crédito para pessoa física teve uma elevação de 2,4 pontos porcentuais em abril, com relação a março. O spread dessas operações subiu de 48,3% para 50,7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.