André Dusek/ Estadão
André Dusek/ Estadão

BC lança site com informações de todas as instituições financeiras do Brasil

Ideia por trás da medida é fazer com que os dados fiquem mais transparentes e de fácil acesso ao público, o que deve ajudar no 'processo de tomada de decisão', segundo nota

Redação, O Estado de S. Paulo

15 de janeiro de 2020 | 10h14

O Banco Central lançou na última segunda-feira, 10, a Central de Demonstrações Financeiras do Sistema Financeiro Nacional (CDSFN), portal que reúne dados de todas as instituições financeiras que estão autorizadas a atuar no Brasil. A ação visa trazer "mais transparência" ao público em geral.

"Acreditamos que reunir as demonstrações em um só espaço irá facilitar o acesso de todos, além de permitir maior consistência, continuidade e comparabilidade da informação disponibilizada ao público", explica em comunicado, o diretor de Fiscalização Paulo Sérgio Neves de Souza.

Ainda segundo a nota, a ideia por trás da medida é fazer com que as informações fiquem mais acessíveis e transparentes, o que não acontecia antes, quando os dados ficavam soltos em sites e comunicados de cada uma das entidades financeiras.

"As instituições somente estavam obrigadas a realizar a publicação no Diário Oficial e jornal de grande circulação, o que limitava seu alcance", disse o diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso.

Dentre as informações que poderão ser acessadas pelo público, estão o balanço patrimonial, demonstração das mutações do patrimônio líquido, demonstração do resultado do exercício, demonstração dos fluxos de caixa e demonstração do resultado abrangente.

Conforme o BC, eles esperam que não apenas os pesquisadores e estudantes consultem os dados, como principalmente o público em geral. Dessa forma, a expectativa é que os dados ajudem a "subsidiar o processo de tomada de decisão", uma vez que, passa a ser possível comparar as diferentes entidades bancárias e instituições financeiras.

Nesse sentido, outro detalhe importante é que todas as informações divulgadas estão sendo acompanhadas por "notas explicativas" que contextualizam o determinado "período administrativo" no qual pertence o dado.

A expectativa é que até junho de 2020, sejam adicionadas mais informações referentes ao período de 2014 a 2019, com o intuito de criar um histórico ainda mais detalhado.

O processo de coleta perante as instituições começou em dezembro de 2019, após um comunicado geral enviado pelo BC para as instituições financeiras autorizadas a operar no Brasil. Todos os dados estão disponíveis no site por meio de arquivos em PDF.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.