BC nega recompra de moedas comemorativas

Depois de atender mais de mil pessoas com dúvidas sobre uma suposta recompra de moedas de R$ 1, o Banco Central divulgou esclarecimento sobre o boato que tem se espalhado por Fortaleza e Rio de Janeiro nas últimas semanas, negando a operação. Nas duas cidades, pessoas têm guardado moedas comemorativas de R$ 1 do centenário de Juscelino Kubitschek e dos 40 anos do BC com a intenção de receber até R$ 35 por cada uma delas.O boato começou a ser ouvido em agosto na capital cearense. Pessoas diziam que o BC recolheria as duas moedas comemorativas e que, para isso, pagaria R$ 15 por cada uma delas. Com a propagação do rumor, a regional do BC em Fortaleza começou a receber a visita e ligações telefônicas dos interessados em "vender" as moedas. "Não faz nenhum sentido pagarmos mais por uma moeda mesmo que ela seja comemorativa. Afinal, foi o próprio BC que emitiu e lançou essas moedas. Como qualquer outra moeda de R$ 1, elas valem exatamente R$ 1", disse à Agência Estado o chefe do Departamento do Meio Circulante do BC, João Sidney de Figueiredo.Em outubro, a história deixou Fortaleza e passou a ser ouvida no Rio de Janeiro. Dessa vez, com contornos mais sofisticados. Alguns diziam que o BC só recompraria lotes com o mínimo de 15 moedas. Outros diziam que o Banco do Brasil também trocaria as moedas e que o valor por unidade seria de R$ 35. Procurado, o BB confirmou que algumas agências no Rio foram procuradas e que os funcionários esclareceram os clientes de que se tratava de um mal entendido. "Desde o começo do Plano Real, em 1994, nunca tivemos nenhum caso como esse. Quando a história chegou ao BC, achamos muito inusitado, até engraçado. Mas como o boato cresceu, tivemos de esclarecer a população", diz o chefe de departamento do BC.Com o aumento do boato, alguns têm tentado tirar proveito. Na página da internet do site Mercado Livre, conhecido por vendas e leilões de produtos, há ofertas de moedas comemorativas de R$ 1. Os preços vão de R$ 7 a R$ 22,50.Segundo o BC, as duas moedas comemorativas somam 90 milhões de unidades. São 50 milhões do centenário de JK e 40 milhões do aniversário do BC. Ao todo, o Brasil tem atualmente 800 milhões de moedas de R$ 1 em circulação, inclusive com as comemorativas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.