finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BC nega recompra de moedas comemorativas

Depois de atender mais de mil pessoas com dúvidas sobre uma suposta recompra de moedas de R$ 1, o Banco Central divulgou esclarecimento sobre o boato que tem se espalhado por Fortaleza e Rio de Janeiro nas últimas semanas, negando a operação. Nas duas cidades, pessoas têm guardado moedas comemorativas de R$ 1 do centenário de Juscelino Kubitschek e dos 40 anos do BC com a intenção de receber até R$ 35 por cada uma delas.O boato começou a ser ouvido em agosto na capital cearense. Pessoas diziam que o BC recolheria as duas moedas comemorativas e que, para isso, pagaria R$ 15 por cada uma delas. Com a propagação do rumor, a regional do BC em Fortaleza começou a receber a visita e ligações telefônicas dos interessados em "vender" as moedas. "Não faz nenhum sentido pagarmos mais por uma moeda mesmo que ela seja comemorativa. Afinal, foi o próprio BC que emitiu e lançou essas moedas. Como qualquer outra moeda de R$ 1, elas valem exatamente R$ 1", disse à Agência Estado o chefe do Departamento do Meio Circulante do BC, João Sidney de Figueiredo.Em outubro, a história deixou Fortaleza e passou a ser ouvida no Rio de Janeiro. Dessa vez, com contornos mais sofisticados. Alguns diziam que o BC só recompraria lotes com o mínimo de 15 moedas. Outros diziam que o Banco do Brasil também trocaria as moedas e que o valor por unidade seria de R$ 35. Procurado, o BB confirmou que algumas agências no Rio foram procuradas e que os funcionários esclareceram os clientes de que se tratava de um mal entendido. "Desde o começo do Plano Real, em 1994, nunca tivemos nenhum caso como esse. Quando a história chegou ao BC, achamos muito inusitado, até engraçado. Mas como o boato cresceu, tivemos de esclarecer a população", diz o chefe de departamento do BC.Com o aumento do boato, alguns têm tentado tirar proveito. Na página da internet do site Mercado Livre, conhecido por vendas e leilões de produtos, há ofertas de moedas comemorativas de R$ 1. Os preços vão de R$ 7 a R$ 22,50.Segundo o BC, as duas moedas comemorativas somam 90 milhões de unidades. São 50 milhões do centenário de JK e 40 milhões do aniversário do BC. Ao todo, o Brasil tem atualmente 800 milhões de moedas de R$ 1 em circulação, inclusive com as comemorativas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.